RN77 NEWS.

          RN77 NEWS.

 

BRASIL:

Militares, que já são o maior custo da Previdência, terão privilégio de aposentadoria integral

 

O ministro da Defesa do governo Bolsonaro (PSL), Fernando Azevedo e Silva, disse hoje (12) que espera que o Projeto de Lei (PL) 1645/2019, que trata da nova Previdência dos militares, seja aprovado sem alterações. “Espero que passe da melhor maneira possível, da maneira que está”, acrescentou.

Da- Carta Campinas. em:terça-feira, 13 ago 2019 09:57

NOTÍCIAS-RN77 NEWS.  Atualizado. 13/08/2019. 14:09hr.

Resultado de imagem para BOLSONARO E MILITARES

Foto: FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO

O texto deixa aos militares o privilégio de salário integral após a aposentadoria. Se o militar recebe R$ 30 mil por mês, continuará recebendo esse valor, diferente dos outros servidores públicos que terá teto do INSS.

Dados do Tesouro Nacional de 2018 mostram que os militares inativos e pensionistas são apenas 1,16% do total de aposentados no país, mas representam 15,4% do rombo da Previdência Social. O levantamento mostra que eles têm, atualmente, um peso proporcional muito maior no déficit da Previdência. A tendência é que os militares se tornem cada vez mais um enorme fardo econômico para os brasileiros.

Os números dos servidores públicos são parecidos: eles são 2% do total de aposentados, mas sua participação no déficit do sistema é de 16,3%. Ou seja, os militares já custam cerca de 100% a mais do que os servidores públicos, que são considerados os servidores privilegiados.

Já o povão, funcionários de empresas privadas, que são a maioria dos brasileiros, representam 96,8% do total de aposentados e 68,3% do déficit.

A expectativa do governo é de que seja instalada amanhã, no Congresso, a Comissão Especial que vai analisar o PL. “O Congresso é soberano. As discussões vão começar agora, mas foi um caminho longo”, disse Silva destacando que o texto já foi acordado com as forças armadas, com a equipe econômica do governo federal e com o próprio presidente da República, Jair Bolsonaro.

Questionado se não via como privilégio os termos do PL que incluem, por exemplo, a manutenção da integralidade do salário de servidores da ativa, o ministro discordou.

“Não vejo privilégio algum. Se existe uma carreira dentre as carreiras de Estado, inclusive dentro do Executivo, que tem defasagem muito grande, é a carreira militar”, disse. (Agência Brasil/Carta Campinas)

Fonte:https://cartacampinas.com.br/2019/08/xzmilitares-que-ja-sao-o-maior-custo-da-previdencia-terao-privilegio-de-aposentadoria-integral/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

RN77 NEWS

Portal Notícias

Portal R7

Just another WordPress.com site

Instituto Monte Castelo

Por vidas plenas em um país próspero

Android Mobile Price

Android Mobile Price, Specification, Review

%d blogueiros gostam disto: